13jan
Por: Brasil de Joelhos Postado: janeiro 13, 2020 Em: assuntos atuais, blog Hudson Medeiros Comentários: 0

Quando chega o tempo de viver o propósito de Deus numa terra, temos que lançar o foco e expressar o fundamento de Cristo, onde tudo fala do Seu governo, tanto para o povo de Deus, como aos perdidos.

  • Retorne à porta do Reino de Deus! Os que desejam participar do governo de Deus precisam de arrependimento, batismo nas águas e receber o dom do Espírito. Cristo é o centro de tudo e governa, não o homem e sua vontade. Pois esses são tempos de lobos e bodes que entram para destruir o rebanho e se não retornamos ao plano original de Deus, seremos atingidos por eles.
  • Retorne ao estilo de vida de oração e adoração por amor a Deus. Um sacerdócio real que oferece toda vida a Ele, todo o tempo, e como parte disso, dízima de tudo – oferta, mas não em troca por pedidos materiais, mas em honra ao seu Nome.
  • Retorne a oferecer sacrifícios agradáveis a Deus, que é o culto racional por amor a Ele, e não por nossas necessidades em campanhas.
  • Retorne a testemunhar aos homens o conhecimento pessoal de Cristo, e a acessar o Seu governo, e não a semente de conhecimento humano e os reinos de homens.
  • Retorne à vida da Igreja com os fundamentos apostólicos de Atos 2:42-47 e o discipulado por relacionamentos, com Cristo no centro de tudo, e não eventos e shows.
  • Retorne a olhar os perdidos com compaixão de Cristo e ao testemunho de fé por amor, com milagres e prodígios em nome de Jesus, e não a multiplicação de instituições com DNAs alternativos, ao invés do de Cristo.
  • Aplique a estratégia apostólica do governo paterno de Deus, através de homens e mulheres fiéis e idôneos, que passam a herança a outros de cidade em cidade, nação após nação, como uma família que leva o nome do Pai celeste; ao invés de tratar as ovelhas sem adoção de filhos para o Pai, sem pais espirituais.
  • Retorne a visão do governo de Cristo, que começa localmente e é partilhada ao mesmo tempo na região e nas nações ao redor da terra, não somente onde estamos.
  • “Teshuvá” é a palavra hebraica para arrependimento ou retorno para os caminhos de Deus. Esse é o foco prioritário do discípulo, para então ser enviado como testemunha de Sua Luz para as nações.
  • Tempo de Restituição de coisas preciosas de Deus e Seus caminhos, que foram roubadas por não vigilância de Sua noiva. Ser um valioso remanescente, que busca o resgate para a casa de Deus e não vira as costas para o que é precioso eternamente em Deus, como por exemplo, a poderosa esperança da volta do Rei Yeshua para o seu Reino milenar e terreno na plenitude dos tempos.
  • Fique atento, pois muitos dos que estão entre nós, se não vigiarem, vão seguir pelo caminho de Caim; outros serão levados pelo engano do prêmio do lucro como Balaão; outros vão perseverar na contradição de Corá, a tragédia anunciada da apostasia.

Desejo uma vigilante e extraordinária jornada em 2020, assim como por toda a nova década com a colheita do Governo de Deus!

Por um alcance global do Reino!
Hudson Medeiros

Trackback URL: http://brasildejoelhos.org/bj/2020-retorno-ao-evangelho-do-reino/trackback/