30dez
Por: Brasil de Joelhos Postado: dezembro 30, 2016 Em: Artigo, Recursos Comentários: 0

A glória do SENHOR brilha sobre ti, Noiva. Vem o Senhor! E a sua glória se verá sobre ti. – Isaías 60:1-2

Como se preparar profeticamente para esse tempo:

  • Mantenha sua lâmpada cheia do azeite da unção de Deus; busque continuamente o Espírito Santo; fique firme na Palavra e se mantenha cheio do poder do Espírito Santo.
  • Viva um estilo de vida de adoração e oração em todas as atividades diárias.
  • Renove os seus estudos sobre como ter confiança e fé em Deus continuamente.
  • Prepare-se para lidar com crises. Isso precisa ser feito tanto em nível pessoal quanto da igreja, da comunidade e da nação.
  • Reavalie como você está lidando com suas finanças. Peça sempre a Deus a direção do que comprar e vender.
  • Estabeleça o acordo familiar, buscando em oração estratégias definidas pelo Senhor para que venha uma transformação contínua dentro dos lares.
  • Busque a Deus para receber o vinho novo, e opere em odres novos, que são estruturas simples que ajudarão você a ser flexível nesta nova temporada.
  • Não reaja por medo, mas responda com fé. Não se esqueça: você pertence a um reino que não pode ser abalado.
  • Procure fazer um planejamento para resolver os seus problemas com a ajuda do Espírito Santo, para que você entre nessa próxima fase tendo cumprido o que Deus estabeleceu na estação passada.

Temas em destaque:

  1. Contraste entre luz e trevas.

“Levanta-te, resplandece, porque vem a tua luz! E a glória do Senhor nasce sobre ti. Pois eis que as trevas cobrirão a terra, e a escuridão os povos, mas o Senhor surgirá sobre ti, e a sua glória se verá sobre ti.”  – Is 60:1-2

Em contraste com a época de glória para todos aqueles que estão se preparando agora, a próxima estação será de trevas para os que não se prepararem. A boa notícia é que não fomos criados em Cristo para as trevas e a melancolia, mas para a glória de Deus! Vemos que, para aqueles que ouvem e se preparam, a glória do Senhor será vista em suas vidas por todos os que estão ao seu redor. Brilharão como nunca brilharam por causa da obediência ao SENHOR.

2. A adoração que Ele preparou para si.

A adoração é uma chave importante dada pelo Espírito Santo nesse movimento da glória, pois Ele está trazendo uma ênfase mundial sobre a restauração do Tabernáculo de Davi, como foi profetizado em Atos 15:16. O novo som da glória continua sendo liberado àqueles que têm ouvidos para ouvir e olhos para ver. Aqueles que têm seus sentidos espirituais restituídos estão acessando essas dimensões.
Há um plano de adoração nos céus para ser trazido para a terra em cada circunstância e lugar. Esse povo adorador acessará os céus e trará a adoração que Deus liberará, aquela que Ele quer receber. Mas isso só acontecerá a um povo totalmente dependente e disposto a ouvir e obedecer.
As crianças pequenas serão uma chave importante que o Senhor está começando a ativar. Uma nova sensibilidade será disponibilizada por Deus e, como fruto dessa conexão, elas profetizarão, liberando o perfeito louvor. Muitos serão curados e fortalecidos na fé por causa do agir de Deus sobre as crianças.
O Espírito Santo continuará purificando a Noiva, que está deixando os seus amantes (a religiosidade, o amor ao dinheiro, etc.) para ser e viver consagrada e separada, como Noiva do Rei Eterno.

3. Identidade da Igreja como casa de oração para todos os povos.

“Estabeleceu Ezequias os turnos dos sacerdotes e dos levitas, turno após turno, segundo o seu mister: os sacerdotes e levitas, para o holocausto e para as ofertas pacíficas, para ministrarem e cantarem, portas a dentro, nos arraiais do SENHOR.” – 2 Crônicas 31:2

É tempo de buscar a restauração de todas as coisas, retornando aos turnos de oração e adoração. Cada vez mais, o povo profético se amolda ao funcionamento orgânico da igreja como Casa de Oração, sendo envolvido pelo Espírito na participação dessa vida organizada em turnos.

4. A liderança e a unção de José.

De José disse: Bendita do SENHOR seja a sua terra, com o que é mais excelente dos céus, do orvalho e das profundezas, com o que é mais excelente daquilo que o sol amadurece e daquilo que os meses produzem, com o que é mais excelente dos montes antigos e mais excelente dos outeiros eternos, com o que é mais excelente da terra e da sua plenitude e da benevolência daquele que apareceu na sarça; que tudo isto venha sobre a cabeça de José, sobre a cabeça do príncipe entre seus irmãos. (Deuteronômio 33:13-16).
A liderança da igreja apostólica e profética, agindo com a unção de José, será fundamental na preparação não apenas das suas igrejas locais, mas também das assembleias maiores do reino para os próximos tempos de instabilidade.

Vemos essa unção presente também em Isaías 60:5-6:

Então, veja isso e se torne radiante, seu coração transborde com alegria, porque a abundância do mar se tornará a ti, as riquezas dos gentios virão para ti. As multidões de camelos devem cobrir a sua terra, os dromedários de Midiã e Efá; todos os de Sabá virão; trarão ouro e incenso, e eles irão proclamar os louvores do Senhor.
Nessa passagem, os camelos trouxeram riquezas em caravanas. Então, para nós, o remanescente fiel, isso significa que os camelos estão chegando com a provisão do Senhor para a nova estação.
Além disso, eles falam da transferência de riquezas em níveis internacionais. Para aqueles que têm olhos para ver e ouvidos para ouvir, a voz do Senhor será muito clara sobre grandes bênçãos financeiras que virão para cumprir o propósito do reino. A geração José aparecerá nessa época como nunca antes, e haverá grandes investimentos nos propósitos missionários do coração do Pai Celeste.

5. As nações e a economia e política do Reino.

Líderes com a mentalidade de reino nos negócios serão ungidos e terão muitas realizações. Homens e mulheres com a autoridade de Daniel e a ousadia de Ester surgirão nesses dias para influenciar as nações e seus sistemas político e econômico.
Deus continuará abalando os sistemas econômicos corruptos; e os sistemas antigos que foram mantidos no lugar por meio de líderes corruptos continuarão sendo abalados também. Os filhos de Deus devem pedir a Ele a direção sobre o momento certo para comprar terras e empresas. A Sua influência deve ser conhecida, mesmo sob a pressão dos tempos difíceis.

Uma advertência: Nos próximos dias, não fique preso aos odres velhos, mesmo na área de finanças pessoais. Caso contrário, você perderá as oportunidades de Deus quando elas vierem.

Haverá um despertar tanto para a santidade como para a justiça, e isso virá sobre todas nações. Profetas como Daniel surgirão desse movimento de glória; pessoas que estão sem medo, agindo como reformadores em posições governamentais.

Não hesite em pedir ajuda! Redes e conexões precisam ser fortalecidas por meio da unidade do corpo e em oração.

6. Alinhado ao tempo de Deus.

“Quem jamais ouviu tal coisa? Quem viu coisa semelhante? Pode, acaso, nascer uma terra num só dia? Ou nasce uma nação de uma só vez? Pois Sião, antes que lhe viessem as dores, deu à luz seus filhos.” – Isaías 66:8

Profetizamos, nesse novo tempo, o de repente de Deus. Ele fará o que prometeu! Aqueles que são como os filhos de Issacar serão abençoados, ao contrário daqueles que são negligentes para ouvir a voz do Pai Celeste. Assim, todos aqueles que já se posicionaram para fazer o que Deus está dizendo agora e já estão se preparando serão abençoados poderosamente.
Nesse ano, muitas áreas da vida dos crentes entrarão em um alinhamento muito profundo. O foco do Senhor para a igreja está sendo direcionado para o lugar onde ela pode ser uma voz para as nações. Neemias, no capítulo 13, mostra um retrato disso. Deus usou Neemias para trazer alinhamento tanto para o povo de Deus como para o governo. Com esses novos alinhamentos, deve vir também uma nova avaliação das coisas que Deus quer de você nessa nova temporada.

7. Amadurecendo o profético.

O Espírito Santo continuará levando o povo profético para um novo nível de maturidade, crescendo em sabedoria e entendimento para poder ouvir a Deus em Sua sabedoria. Ele não pode revelar a meninos as coisas que são destinadas a filhos maduros. Devemos continuar amadurecendo para entender o que Ele está fazendo agora, e cooperando com Ele em Seus planos para as pessoas, as famílias, as cidades e as nações.
É preciso olhar as situações com os olhos do Senhor e avançar em Seus propósitos. Um povo profético, que tem essa maturidade, saberá que o Senhor age por meio de processos e etapas, e identificará o tempo certo em que o Senhor determinará novos planos em todas as esferas.
É importante também lembrar que há uma nova identidade profética gerada pela ativação de protocolos proféticos, ou seja, por procedimentos que unem o povo do reino no mesmo Espírito, na mesma visão e no mesmo propósito profético, nas diferentes cidades e nações, para promover unidade e unção corporativa. Esse é um processo trabalhoso de formação de novas águias, que acessam o novo no profético.

8. Restaurando os cinco ministérios na vida da Igreja

Eis aqui os propósitos nos quais andaremos nas próximas estações – uma agenda especial para os apóstolos viverem:

  • Posicionar-se tomando o cetro de autoridade da mão da igreja apostólica corrompida e ativar a restauração das verdadeiras características da igreja apostólica, fiel a Cristo mesmo nos dias de hoje.
  • Buscar os fundamentos apostólicos antigos, que foram esquecidos durante a jornada da igreja nos últimos anos, até os encontrar.
  • Restaurar e curar a base do altar profético – resgatar pessoas proféticas e filhos da independência, restaurando sua visão e serviço proféticos ao Senhor e aos santos, curando-lhes as feridas adquiridas no exercício do ministério e restituindo-lhes com um novo som de adoração.
  • Buscar uma nova onda da glória de Deus em milagres, sinais e prodígios do Espírito Santo. Mas é importante sempre confrontar aquilo que é falso, para não nos tornarmos como James e Jambres, que resistiram a verdade e pregaram outro evangelho (conforme 2Tm 3:8).
  • Trabalhar na grande colheita dos últimos dias – tomar a preparação da Noiva como uma tarefa da verdadeira unção apostólica.
  • Mover-se em uma nova adoração, em espírito e em verdade, em um novo som da glória que capacita os homens a viver essas verdades. Os apóstolos e profetas que se aproximam ouvem e vivem o que Deus está trazendo.

Concluindo esta estação e planejando a próxima.

Essa conclusão é feita com a ativação da liderança do reino, que termina agora uma estação de muitas batalhas contra a cultura da morte, e o planejamento de uma nova etapa que Deus está revelando agora, soprando um novo vento do Espírito Santo, com um grande mover profético sobre as pessoas que lideram redes em lugares estratégicos na estrutura da nação.
Deus trará pessoas equipadas para tomar decisões de acordo com a vontade Dele, pessoas com revelação viva. Nesse tempo, ativações proféticas estarão acessíveis para todos, tanto em nível individual, nos cinco ministérios, quanto em nível corporativo, nas igrejas e reuniões interdenominacionais.

As nações e a colheita do Reino.

A Igreja gloriosa surge pelo movimento do Espírito Santo quando dois ou três se reúnem em Seu nome, o nome de Cristo; sem trazer as pessoas para si, mas para Ele, ensinando-as a ir a Jesus. Essa igreja prega o evangelho do Reino e há um mover da glória, curando os enfermos e operando milagres (sempre tendo cuidado com os milagres sem a mensagem do Reino). Além disso, novos movimentos de missões são lançados, e os povos não alcançados são alcançados. Uma escalada de missionários responde ao chamado de Deus, e avanços e transformações vêm por causa da prioridade dada à presença de Deus e a Sua glória.

Alcance global.

Brasil:

O Espírito Santo começou a sacudir os grilhões do populismo, do controle da burocracia por amigos e do paternalismo estatal. Serão suscitados pelo Senhor novos líderes que agem no mesmo espírito e unção de José e Daniel, que estabelecerão novas estruturas governamentais. Eles serão reformadores, trabalhando num projeto para a verdade que mobilizará toda uma geração para realizar o propósito de Deus.
Nessa geração, temos orado pelo Brasil para vermos uma grande mudança cultural tanto na igreja quanto na sociedade, especificamente na área governamental, que nos posicionará profeticamente em um despertar de fé e bênção que vem da obediência. Acreditamos que o Brasil se tornará uma nação celeiro de missões e de paternidade espiritual.

Europa:

  • Alemanha

Esta nação tem um destino e um propósito de restauração. Ali, um povo profético será despertado para ir aos lugares altos buscar o novo de Deus e Seus recursos, que já estão disponíveis. Deus está realizando algo novo nesta nação, por meio de suas colunas de oração, adoração e resistência no reino de Deus.
Frankfurt é uma cidade estratégica que lidera e se move no sopro do Espírito para toda a nação. A Alemanha e Frankfurt são celeiros que alimentam as nações, por isso oramos por um novo avanço da igreja na Alemanha em investimento em missões no mundo. Sabemos que muitos recursos financeiros da Europa estão sendo direcionados para a Alemanha e para Frankfurt, e Deus está fazendo isso por causa do compromisso desta nação com missões globais.

  • Espanha

Novas provisões estão chegando à Espanha. A Noiva de Cristo será suprida por Ele e surpreendida pela operação de Seu poder e Sua glória, que resgatará prisioneiros de cativeiros de roubo, escravidão, loucura e incredulidade. Muitos serão curados e libertos nas ruas pelo poder de Deus operando em jovens e adultos ungidos.
Oramos para que o desencorajamento, que rouba o foco da missão que nos é dada pelo Senhor, seja removido; que haja restituição da visão de esperança, da alegria, da força e do poder. Profetizamos uma estação em que a unidade gerada pelo compromisso com a Palavra de Deus, dada pelo Espírito Santo, tenha grande crescimento; e que haja também encontros de reconciliação dentro do corpo de Cristo.

  • Portugal

Tanto Espanha como Portugal estão recebendo, neste tempo, livramento e redenção de alianças feitas na iniquidade nos tempos antigos. Um cálice foi removido, uma medida se encerrou – o instrumento político e espiritual que trazia escravidão e roubo de destino em Deus, com efeitos sobre o comércio e o sistema de governo. Contemplamos dias de remissão na Península Ibérica.

Por Hudson Medeiros
Mobilizador

Trackback URL: http://brasildejoelhos.org/bj/venha-2017-e-mais/trackback/